QUANDO MENOS ESPERAMOS...LUTO




A vida tem sua maneira própria de nos surpreender. Uma nova proposta de emprego, uma oportunidade de estudo fora do país, a viagem dos sonhos, o término de um relacionamento, a traição vinda de alguém que você jamais imaginava, um acidente, a perda de algo material, a morte de um ente querido.
Coisas boas e ruins acontecem a todo momento. Quem nunca planejou uma viagem e teve que mudar a rota? Ou propôs um desafio a alguém e no final das contas acabou desafiado? Quando menos esperamos a vida toma outros rumos.
No momento em que alguém querido é levado de nós muitas coisas mudam em nosso interior. Não raro a revolta, culpa, medo e raiva passam a viver em nosso coração. De quem é a culpa dessas coisas acontecerem? Quase sempre procuramos alguém para carregar esse fardo. Culpamos a Deus e questionamos sua existência, culpamos as autoridades que tornam precários quase tudo aquilo em que tocam. Culpamos a desumanidade de quem deveria ser conhecido por ser humano. Nesse momento parece que nossa existência também chegou ao fim.
Entretanto, a partir da perda de alguém querido  coisas boas acontecem. Valores são revistos, posturas de vida são questionadas, prioridades voltam para a agenda com uma urgência gritante e passamos a procurar o que realmente importa. Família, amigos, um trabalho que faça sentido, um amor deixado para trás, a concretização de um sonho latente, menos horas de trabalho, mais horas de lazer...novas perspectivas, um novo olhar.
E queridos, por mais contraditório que possa parecer a morte nos ensina a viver. Aprendemos a valorizar a vida e aproveitar as oportunidades que ela nos oferece pois não sabemos quando nossa chance se esgotará. É nesse momento de reflexão, nesse ciclo de reavaliação que possibilidades batem a nossa porta nos oferecendo um novo horizonte.

Na distância irremediável de um, a triste separação une aqueles que ficam. Na ausência celebramos a presença, na falta aprendemos a valorizar a existência. No sorriso de centenas de amigos, nas lembranças felizes deixadas, na descendência que cresce, nos reconstruímos. O amor aparece, a esperança que ao longe se encontrava se aproxima e nos fortalece. Eis aqui o movimento da vida nos devolvendo a graça de viver, nos surpreendendo quando menos esperamos...

Texto feito em homenagem à Antonio Leandro, o tio Tuna

ESPERA POR MIM




Admiro o trabalho da cantora e compositora Marcela Taís. Acho delicado, genuíno, poético, inspirador... Nossa história é tão parecida em alguns capítulos... é bom quando alguém traduz o que a gente pensa e sente em alguma medida “ Ninguém pertence a ninguém, mas o amor conspira por quem pode ser a resposta da oração de alguém" então, espera por mim...

foto: Marcela e Álvaro ♥

Se eu pudesse no tempo voltar
Pouparia meu coração de se machucar
E o diria para se acalmar, pediria pra não chorar
Quando vi o amor errado se acabar
Não sei quantas letras tem o seu nome
Mas já o escrevi dentro de mim
Há anos eu te amo à distância
(Na verdade, sonho com você desde criança)
Eu existo, estou aqui e insisto em acreditar
Que você está por ai, o que falta é só a gente se encontrar 
Então, espera por mim

Espera por mim
Ninguém pertence a ninguém
Mas o amor conspira por quem
Pode ser a resposta da oração de alguém
Quando chegar o dia a gente vai saber
Que as mãos tem o encaixe perfeito
Só não vá reparar minhas palavras sem jeito
É que será tão bom ouvir seu nome
(Ao qual pertence as cartas que eu escrevo desde os onze)
Não vamos ceder às mentiras que eles contam
Se debaixo das mesmas estrelas sonhamos
Que Deus cruze nossos caminhos
E nos dê um bom encontro
Pra finalmente te ter pertinho e saber seu nome

Então, espera por mim
Espera por mim

LEIA QUANDO SE APAIXONAR




foto:  Samilla Maioli

Estar apaixonado é algo incrível, mágico, essencial na vida. A paixão é o prelúdio do amor. Mesmo assim o ministério da saúde adverte: Cuidado ao se apaixonar!
É ótimo quando tudo dá certo, contudo até que isso aconteça, a fila de atendimento para corações partidos só aumenta ali no final do corredor.
Pelo visto você não vai querer entrar nessa fila de espera, ainda mais se já passou por lá, sangrando, juntando os pedaços depois da última queda.
Então minha cara, aí vai...
Tenha cautela até encontrar algumas respostas importantes.
Quando se apaixonar...
1  1  Saiba primeiro quem você é e o quer da vida, se não estiver muito certa disso vale a pena pisar no freio.
2  2 Não abandone seus familiares nem se afaste dos seus amigos, eles são seu suporte mais precioso, sempre que precisar.
3   3  Preste atenção ao que esta pessoa faz brotar em você, em seu coração. São sentimentos, atitudes, pensamentos altruístas ou não?
  4 Você se apresenta a ele (a) por inteiro? Com defeitos, qualidades, manias, medos, e ansiedades? Sem chapinha, bojo e maquiagem?
    5 Ele entende quem você é e apoia seus sonhos? Quer fazer parte deles?
   6 Você está disposta a fazer o mesmo? Compreender as necessidades dele (a)  e apoiá-lo sem reservas?
  7  Vocês conseguem falar sobre o passado e tiram lições positivas dessa conversa? Isso é importante pode apostar...Quem vocês foram e com quem estiveram explica muito quem vocês se tornaram e o que do futuro esperam.
Eu poderia aumentar essa lista, mas ela me agrada a primeira vista. Prefiro parar no 7, número da perfeição. Sobretudo isso não é o mais relevante, o fato é, muita informação, pouca absorção, então, vamos ao estilo doses homeopáticas por favor.

Se não está muito segura disso, pense bem antes de envolver outro alguém nessa sua condição existencial. Poupe o outro de alguns ferimentos.
Fortaleça sua estrutura emocional, espiritual, física e mental, elas são essenciais para manter o equilíbrio. E, se esquecer de algum dos itens dessa pequena lista, volte nela leia sempre quando pensar em se apaixonar, leia quando se apaixonar.



TALVEZ O AMOR...Música de John Denver






Talvez o amor seja como um lugar de descanso, um abrigo da tempestade
Ele existe para te dar conforto, ele está lá para te manter aquecido
E nas horas de turbulência, quando mais você está sozinho
A lembrança de um amor te levará para casa
Talvez o amor seja como uma janela, talvez uma porta aberta
Ele te convida a chegar mais perto, ele quer te mostrar mais
E mesmo que você se perca, e não saiba o que fazer
A lembrança de um amor fará você superar tudo
Oh, o amor para alguns é como uma nuvem, para outros, tão forte quanto o aço
Para alguns um modo de vida, para outros uma forma de sentir
E alguns dizem que o amor é se agarrar, e outros dizem que é deixar ir
E alguns dizem que o amor é tudo, outros dizem que não sabem
Talvez o amor seja como o oceano, cheio de conflitos, cheio de dor
Como uma lareira quando faz frio lá fora, como o trovão quando chove
E se eu vivesse para sempre, e todos os meus sonhos fossem realizados
Minhas lembranças de amor seriam de você
E alguns dizem que o amor é se agarrar, e outros dizem que é deixar ir
E alguns dizem que o amor é tudo, outros dizem que não sabem
Talvez o amor seja como o oceano, cheio de conflitos, cheio de dor
Como uma lareira quando faz frio lá fora, como o trovão quando chove
E se eu vivesse para sempre, e todos os meus sonhos fossem realizados
Minhas lembranças de amor seriam de você”

OPORTUNIDADES


foto by Christian Spies

Você chega ao trabalho pra aquilo que seria apenas outro dia comum e se surpreende. Seu chefe te chama pra uma conversa, diz que você é uma pessoa de confiança, que está na empresa há muito anos e é bom naquilo que faz. Por isso ele te oferece a oportunidade de ocupar a vaga de gerente comercial em uma das três filiais da empresa espalhadas pelo país. Seu salário vai triplicar e você já imagina o que fazer com a grana toda. Vai ajudar sua mãe a reformar a garagem da casa dela, você finalmente vai poder comprar seu AP, e pedir sua namorada em casamento! O chefe diz que você terá a oportunidade de conhecer novos lugares e pessoas, e te presenteia com mais uma especialização na sua área. Você irá trabalhar de segunda a sexta e a cada 15 dias aos sábados por meio período. Uma oportunidade incrível não? Qualquer um diria que só sendo louco pra recusar uma proposta dessas!!! 
Mas você recusa, porque embora ela pareça muito boa, como Adventista do sétimo dia você não trabalha aos sábados. Existem muitas outras coisas no meio desse caminho chamado "oportunidades". 
Entre aproveitar ou não uma, existem princípios, valores, requisitos da vaga, e daquele que se candidata a ela, existem crenças. Não é qualquer vaga que serve pra você. Nem toda oportunidade é boa. Além disso, não basta ter chance para algo, essa chance precisa vir em tempo oportuno! 
O desafio é saber reconhecer esse tempo, e distinguir quais oportunidades valem a pena abraçar e quais deixar passar. Outras pessoas saberão o que fazer com elas. Há vagas pra quem aproveita as oportunidades certas!! Nem toda oportunidade é realmente boa. Por vezes você ganha quando perde! Quem deixa passar também abre a possibilidade de aproveitar o melhor, que ainda virá, de acordo com suas peculiaridades! #ficaadica 

TEASER- LIVRO


O CASAMENTO DO MEU EX


12 de junho, dia dos namorados. Sim, Ele se casou! E a sensação é um pouco estranha. Pensei em meu ajoelhar e agradecer por isso, em comemorar de alguma forma comprando roupas novas talvez, (nada mau hein) pensei em fazer uma tatuagem e juntar comemorações dos  ritos de passagem, estou “trintando” pra quem não sabe. Pular da ponte entrou no repertório também (o que seria dramático e idiota demais, afinal eu não mereço isso, ninguém merece) e prefiro chamar atenção pelos meus talentos não por meus dramas particulares.
O fato é que a sensação de estranheza tomou conta do pedaço e isso é suficientemente incômodo a ponto de me fazer escrever. É similar a quando se tem um enjoo, depois que você vomita passa. Eis-me aqui dispensando minha sopa intragável de letrinhas do não sei o quê. Detesto não saber das coisas que julgo importantes, detesto não saber nomear os sentimentos e decifrar os caminhos que eles percorrem.
O fato é que eu esperava mais nesse momento, eu achava que deveria estar me descabelando, desesperada, chorando, muito triste (mas essa fase passou depois do término) ou muito alegre (depois de um tempo, essa desconheço como é) quanto mais consciência temos do que é realmente a vida, menos essa segunda possibilidade existe. Eu esperava que qualquer reação que fosse deveria ter uma intensidade que na verdade não existe por aqui.
É uma sensação parecida com aquela de quando se toma antidepressivos e você se sente letárgico. Apatia, inércia e/ou desinteresse. Depois isso passa e aí a síndrome do pensamento acelerado aparece. Como é que será o vestido? Ela vai estar bonita? Ele super feliz? Claro que vai, afinal, ela é linda e se parece comigo. Ele também, estará realizando o sonho da vida. Dá uma vontade cruel de desejar que ele erre o nome dela na hora dos votos ou vice-versa, aparecer por lá, afinal é tão perto e tão fácil burlar a segurança, mil e uma coisas. Mas, Minha CARA, me diz, pra quê? de onde vem isso? Na verdade eu não queria nada disso, e continuo não querendo. O que intriga e causa enjoo são essas coisas que a gente faz com a gente. Inventar saudade, supor amor onde existe outras coisas também, insistir no errado quando se sabe o que é certo. É esse jogo de boicote e autocomiseração que não nos leva a lugar algum que é o problema. Muita gente faz isso, arrisco em dizer que todo mundo já fez isso ao menos uma vez na vida. Teve medo da proposta nova de emprego, recusou a vaga inventando uma desculpa, disse não pro carinha legal só porque não quer se envolver e ver o que pode ser, esse lugar confortavelmente desconfortável...sei...sei como é
Eu só esperava mais pra hoje, algo mais, além de só querer vomitar. E de onde vem e pra onde vai não me interessa. Cansei de tentar entender certas coisas faz tempo. E para o meu não saber me conforta apenas aceitar e reconhecer que, no Universo chamado Amor essas coisas acontecem.

Mais tarde ele vai pra casa nova depois que chegar de viagem, eu continuarei na minha depois que renovar meu passaporte e meus desejos de ser livre e só até encontrar quem  definitivamente queira ser livre JUNTO comigo! grudadinho a mim! Enquanto isso vou ali caminhar e tomar sol antes de continuar a escrever meu livro novo. Cada um segue na vida que escolheu pra si. Nós seguimos. Hoje é 12 de junho, dia dos namorados, casamento do meu ex...e? a propósito o que faltou dizer, o dia tá lindo! Até quando não sei, mas tá lindo pra mim! E pra vc?

♥ 
obs: a foto é do Perfect day da linda Renata Meins